Corretor imobiliário: dicas para melhorar seu desempenho em vendas


Acompanhe pontos de técnicas de vendas para otimizar resultados

Comprar um imóvel significa muito para os futuros moradores do local, pode ser a realização de um sonho, o primeiro passo para a independência, mudança de vida, novos projetos dentre outros motivos, todos essas razões estão envolvidas e acabam fazendo com que haja um sentimento de satisfação, realização e prazer envolvidos na hora de adquiri-lo e esses sentimentos acabam deixando esse momento mais importante do já é porque afinal quando compramos um imóvel nossa intenção é criar raízes no local e não sair tão cedo, algumas pessoas ficam em sua primeira casa até o fim de suas vidas. Onde os futuros proprietários vão buscar suas novas moradias varia de acordo com suas necessidades, alguns utilizam da praticidade de um portal de imóveis, outros mais tradicionais escolhem os famosos corretores e ainda tem quem busca das duas formas.

Quando se é corretor de imóveis é necessário levar em consideração todos essa carga emocional que vem atrelada aos seus clientes e perceber que qualquer atitude errada pode vir a estragar esse momento tão especial. Algumas atitudes que sem querer alguns corretores acabam cometendo e sem querer afastam os clientes e consequentemente.

Zona de segurança

Acredito que todo corretor já entrou em alguma loja onde os vendedores ficam muito próximos a você não lhe dando espaço para olhar a loja com tranquilidade sem se sentir pressionado a levar algo, para todo mundo existe uma zona de segurança que é onde desejamos ficar, e assim nos sentimos a vontade para fazer determinadas escolhas. Quando estamos nesta zona que, acabamos realizando novos negócios.

Normalmente quando estamos em nossa zona e somos abordados de forma inconveniente por alguém, nossa vontade é lutar ou fugir. Lutar é se fechar completamente e não dar a oportunidade de diálogo e fugir ir embora. Uma dica muito valiosa é que você corretor na hora de fechar negócio de espaço aos seus clientes não invada a zona de segurança deles, pois essa atitude só vai resultar em afugentar os clientes e a perda de credibilidade no mercado.

Mais como mostrar serviço sem ser inconveniente? Isso é o que você deve estar se perguntando agora, separamos algumas dicas que podem ajudar a ter mais habilidade na hora de falar com seu cliente e facilitar o fechamento de negócios

1 – Sufoca-lo não é demonstrar atenção

Alguns profissionais acreditam que ligar para o cliente o tempo todo é a forma de demonstrar que importa com ele. Este com certeza é um dos piores erros que atrapalham o andamento de seu trabalho. Não se deve confundir atenção com pressão e muito menos com inconveniência, essa atitude é muito chata.

Conversa é fundamental mais ao conversar é importante saber extrair as informações necessárias, como por exemplo: qual é o melhor horário a para se ligar. Desta forma você receberá a atenção enquanto estiverem conversando facilitando o andamento do negócio.

Se o corretor liga várias vezes e o cliente não atende é preciso tirar algumas conclusões ou ele está ocupado ou não quer realizar está compra com você, após analisar essas situações é necessário elaborar melhores estratégias se ele realmente não quer realizar a compra é preciso empenhar a sua energia em algo que de fato é fundamental, acreditamos que se não insistimos a compra não será realizada, quando na verdade a insistência pode ser o motivo pelo qual suas ligações não são atendidas. É importante ressaltar que caso o cliente esteja ocupado e não possa lhe atender quando conseguir contato com ele novamente não comece o dialogo mencionando que não conseguia falar com ele pois essa cobrança e pressão acabam passando uma ideia errada sobre você. Vale lembrar que se interesse é uma via de mão dupla e deve ser mostrado de ambos os lados quando o comprador se sentir à vontade ele irá procura-lo.

2 – Não transfira metas paras os clientes

Lidar com a pressão de atingir estipulada na maioria das vezes pelas imobiliárias ou construtoras é uma tarefa árdua. A vontade de vender e estar sempre motivado a se superar e atingir esses objetivos finais, faz com que a racionalidade e acabe um pouco de lado e nessas horas acabamos comentos atitudes indevidas que podem afastar os compradores, além de não conseguirmos avaliar corretamente e de forma crítica as situações.

Estipular metas a serem alcançadas é correto, entretanto acima delas está o seu relacionamento com o consumidor uma vez que uma boa relação irá te levar a alcançar esses objetivos. Portanto lembre não se deve pressionar ninguém não transfira a pressão que está em você para o seu comprador.

 3 – Nunca erre o nome de um comprador

Sempre anote o nome dos seus compradores, lidamos com muita gente não fique dependendo totalmente de sua memória pois ela pode falhar a situação não vai ser nenhum um pouco agradável para ambos. Imagine a seguinte situação você está atendendo a Alice que está procura de um apartamento para vender em Balneário Camboriú e você a chama de Aline, para o cliente a questão do nome conta muito como alguém pode atender os meus pedidos se não lembra nem o meu nome? Fica difícil contornar a situação e voltar a passar credibilidade que você tinha no começo. Por isso anote tudo que for necessário assim evitará futuros constrangimentos.

Migmidia - Site para corretores e imobiliáras

Uma dica valiosa é anotar além do nome do cliente os de seus acompanhantes e o grau de parentesco deles, pois desta forma vai passar a sensação de proximidade e de que você presta atenção em detalhes.

4 – Cuidado para não falar demais

Mostrar o ambiente e enaltecer as qualidades do imóvel é essencial, porém o mais importante é saber dosar, é desagradável corretores que só falam o tempo todo e acabam não conversando com o comprador.

5 – Não se torne um vendedor

Isso pode perecer um pouco contraditório, pois o objetivo final é oportunizar imóveis à venda. Porém é preciso analisar com calma esta dica muito valiosa. A questão é que as pessoas adoram comprar mais elas não gostam que você venda para elas, pois a venda deve ser o resultado de um processo natural de envolvimento e não algo forçado e imposto. Não seja quem vende imóveis, mas quem ajuda o seu comprador a encontrar algo que atenda a demanda exigida! A vontade da compra já existe cabe a você conduzir esse interesse da melhor forma possível de preferência da forma que beneficie ambos.

Depois de aplicar à sua rotina essas dicas, você nunca mais vai passar por corretor inexperiente! Gostou dessas dicas? Então compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer estas incríveis estratégias de vendas de imóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *