7 dicas de como vender imóveis na planta


Compartilhar:

Se vender um imóvel já construído ou usado já é difícil, imagine vender imóveis na planta que nem começaram a ser construídos. Claro, técnicas e etapas de vendas devem ser utilizadas para aprimorar todo o processo de oferta e abordagem com o cliente potencial.

Mas, imagine que você precisa vender uma cobertura de 1 milhão e meio de reais cujo primeiro pavimento nem saiu do papel e a entrega é prevista para três ou quatro anos.

Agora imagine tentar vender um imóvel mais básico com dois quartos e lavanderia, vaga na garagem pelo valor de 250 mil reais num bairro próximo ao centro da cidade, e o prédio nem começou a ser construído.

Sentiu o desafio? Agora continue lendo este artigo para aprender algumas dicas preciosas

Como vender imóveis na planta

Você sabe escutar os sonhos, desejos e necessidades dos potenciais clientes? Não? Então treine essa habilidade. Você precisa enxergar a dor do cliente para fazer da oferta a sua solução, afinal um imóvel na planta pode ser algo que o cliente nunca encontrou na vida para realizar seus sonhos na hora de comprar uma imóvel que ainda será construído.

Desafios

Lembramos que tentar oferecer e vender um imóvel na planta representa um desafio maior aos corretores. Veja a seguir as setes dicas para saber vender imóveis na planta.

1 – Apresente a vantagem da economia

É mais vantajoso, ou mais barato comprar na planta? Sim, é. Ressalte essa condição em comparação com a compra de um imóvel seminovo ou usado.

Como a compra de uma casa ou apartamento envolve valores altos, toda maneira de poupar é válida, e essa condição é fundamental. Faça e apresente as diferenças de preços entre um apartamento pronto e um a ser construído.

2 – Enfatize os benefícios

É importante apresentar os benefícios de adquirir um imóvel novo, sabendo que o local nunca foi usado por outro proprietário e nem possui muitos anos de construído.

Um prédio ou casa novinha pode apresentar confiabilidade na estrutura, a modernidade das instalações e a economia proporcionada por projetos planejados.

O projeto na planta pode apresentar melhor da metragem e itens de lazer que fazem toda a diferença na hora da venda, incluindo piscinas, academia, salão de jogos e outros benefícios.

3 – Atenção aos benefícios de ter um imóvel novo

Um dos maiores benefícios de ter um imóvel novo, é o fato do cliente poder deixá-lo com o seu gosto, além de não ter problemas com a instalação elétrica ou  reformas.

Migmidia - Site para corretores e imobiliáras

4 – Utilize os exemplos de pessoas que já compraram imóvel na planta

Use  exemplos de clientes anteriores que ficaram satisfeitos com a  compra, dessa forma vocês transmite segurança e reforça o investimento.

5 – Ofereça segurança aos compradores

O principal objetivo e dificuldade para vender imóvel na planta estão relacionados à insegurança dos compradores. Afinal, será que o imóvel será entregue? Quando a construtora entregará as chaves?

Esse sentimento é compreensível, mas a tarefa do corretor é superá-la. Nessas situações apresente as opções de pagamento de seguros, recebimento de parcelas pagas em caso de problemas com a obra e o compromisso e histórico de entregas já realizadas pela construtora.

Apresente as garantias legais previstas no contrato, isso ajuda a vender imóveis na planta.

6 – Indique a facilidade de fazer mudanças

Convide o cliente para visitar as obras e conhecer as facilidade para realizar a futura mudança. Ressalte também a possibilidade do cliente escolher os detalhes do acabamento, como cores de piso, por exemplo.

Dessa forma o acabamento pode ser personalizado conforme as escolhas do cliente. Antes de oferecer tais benefícios é fundamental ao corretor consultar a construtora para confirmar a viabilidade deles.

7 – Use estratégias de marketing

Para atrair o cliente, use gráficos, desenho animado, filmes de AutoCAD, postagem em redes sociais, tudo o que for possível para antecipar a materialização do projeto que ainda está na planta.

Lembramos que o marketing digital está bombando, incluindo o marketing de conteúdo, temos ferramentas para se destacar frente a concorrência.

Use bastante as redes sociais e o e-mail marketing buscando ofertar mais produtos. Sendo assim, o corretor você alcançará potenciais compradores que estão fora do radar.

Conclusão

Portanto, a oferta de imóvel na planta é a realização de um sonho e o oferecimento de um conjunto de benefícios para o cliente. O marketing tradicional que inclui a distribuição de panfletos também é válido.

Compartilhar: